Publicidade:

Image and video hosting by TinyPic
  • POR UMA PRÁTICA ADEQUADA DE ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

    Alexandra Ferronato Beatrici[2]


    A abertura à diversidade tem sido um traço da história da Educação de Jovens e Adultos. Diversidade de educandos (adolescentes, jovens, adultos, idosos); diversidade de níveis de escolarização, de trajetórias escolares e humanas; diversidade de agentes e instituições que atuam nessa modalidade de ensino; diversidade de métodos, didáticas e propostas educativas; diversidade de intenções políticas, sociais e pedagógicas. Estas podem ser vistas como herança negativa, mas também, como riqueza já que sempre apareceram vinculadas a um projeto de inclusão do povo como sujeito de direitos.

    Porém, as concepções de Alfabetização de Jovens e Adultos disseminadas na sociedade brasileira, ao longo da história, reforçam a deterioração da identidade social do sujeito analfabeto, enfatizando o caráter ideológico dos estigmas. A sociedade impõe a rejeição, reforçando a ideia na qual os analfabetos são considerados incapazes e prejudiciais à interação sadia da comunidade[2]. Limita e delimita a capacidade de ação dos sujeitos estigmatizados, dando-lhes um tratamento de alguém que deve concluir determinada etapa de sua escolarização e não como sujeito e adulto emancipados.

    Cabe aos profissionais envolvidos com a Educação de Jovens e Adultos possibilitar a formação de cidadãos críticos e ativos. Exercer uma política educacional na qual educandos e educadores possam refletir juntos sobre o conhecimento produzido e que ações devem ser implementadas no decorrer do processo educativo. A sociedade civil pode colaborar, mas, sendo a EJA uma modalidade da educação básica, com suas especificidades, faz-se necessário, uma intencionalidade política, acadêmica, profissional e pedagógica. E essa intencionalidade está estritamente relacionada à formação dos educadores, tornando-se insustentável o discurso de que qualquer pessoa não-habilitada atue em salas de Educação de Jovens e Adultos, especialmente aquelas de alfabetização.

    A Educação de Jovens e Adultos ainda tem um novo e longo caminho a percorrer para que se efetive realmente como educação permanente. Somente ações no âmbito das reformas educacionais, somadas ao compromisso político e social de todas as instâncias envolvidas no processo de efetivação das políticas que visam à universalização do ensino poderão contribuir com os avanços necessários, para que a EJA se concretize como aprendizagem para um futuro viável.

    [1] Artigo completo em Beatrici. Alexandra F. O que os olhos não vêem: sobre os mitos e estigmas ocultos na alfabetização de adultos. Trabalho apresentado no VII Seminário de Pesquisa em Educação da Região Sul - ANPED SUL – 2008 em Itajaí/SC.

0 comentários:

Deixe uma resposta

ONDE NOSSOS PÉS PISARAM...

........

LOCAL: Escolas Estaduais de abrangência da 15ª CRE
ANO: 03/2012 - 12/2012
ATIVIDADES: Formação Continuada para os professores das Escolas Estaduais.
- Bloco Inicial da Alfabetização: 1ºao 3º anos do Ensino Fundamental.
- Ensino Médio Politécnico.
Foram atendidas 41 escolas da região do Alto Uruguai, totalizando mais de 500 horas de formação.



LOCAL: Prefeitura Municipal de Barão de Cotegipe/RS
ANO: 09/2012 -11/2012
ATIVIDADES: Formação Continuada para os professores da rede municipal de ensino - Educação Infantil e Ensino Fundamental - Anos Iniciais

........

LOCAL: Associação de Amparo a Maternidade e Infância - ASSAMI Erechim/RS
ANO: 02/2012-08/2012
ATIVIDADES: Formação Continuada para os professores e coordenadores da Educação Infantil

..........

LOCAL: Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais - APAE de Erechim/RS
ANO: 03/2012 - 11/2012
ATIVIDADES: Formação Continuada para os professores da Instituição

........

LOCAL: Prefeitura Municipal de Itatiba do Sul/RS
ANO: 02/2012- 09/2012
ATIVIDADES: Formação Continuada com os professores da rede municipal de ensino e professores estaduais

.........

LOCAL: Prefeitura Municipal de Faxinalzinho/RS
ANO: 03/2012- 07/2012
ATIVIDADES: Formação Continuada com os professores da rede municipal de ensino

........

.LOCAL: Prefeitura Municipal de Getúlio Vargas/RS
ANO: 2012
ATIVIDADES: Oficinas no Fórum Nacional de Educação

.......

LOCAL: Prefeitura Municipal de São Valentim/RS
ANO: 02/2012 06/2012
ATIVIDADES: Formação Continuada de Professores

..........

LOCAL: Centro Educacional e Cultural Algodão Doce/Concórdia-SC
ANO: 06/2009 - Atual
ATIVIDADES: Assessoria Pedagógica na Instituição e Formação de Professores da Educação Infantil

.........

LOCAL: Prefeitura Municipal de Erechim/RS
ANO: 06/2010 - 10/2011
ATIVIDADES: Formação Continuada para os Coordenadores e Professores dos 1º e 2º anos do Ensino Fundamental;Formação dos Professores da Educação Infantil; Assessoria na elaboração dos Planos de Ensino do Ensino Fundamental

........

LOCAL: Prefeitura Municipal de Marcelino Ramos/RS
ANO: 10/2010 - 12/2012
ATIVIDADES: Formação Continuada com os professores da rede municipal de ensino;Assessoria na elaboração dos Projetos Políticos Pedagógicos das escolas;Assessoria na elaboração dos Planos de Ensino do Ensino Fundamental

.........

LOCAL: Prefeitura Municipal de Maximiliano de Almeida/RS
ANO: 02/2011- 07/2011
ATIVIDADES: Formação Continuada para os professores da rede municipal de ensino

........

LOCAL: Prefeitura Municipal de Viadutos/RS
ANO: 04/2011 - 11/2011
ATIVIDADES: Formação Continuada para os professores do sistema municipal de ensino

........