Publicidade:

Image and video hosting by TinyPic
  • SITUAÇÕES DIDÁTICAS QUE A ROTINA DEVE CONTEMPLAR NO 1º E 2º ANOS DO ENSINO FUNDAMENTAL NA ÁREA DA LINGUAGEM




    Recebemos todos os meses inúmeros e-mails de diversos locais do país de professores dos 1º e 2ºanos do ensino fundamental. Atendendo os pedidos estamos postando algumas situações didáticas que a rotina destes deve comtemplar.
    Agradecemos à todas (os) por fazerem parte mesmo que distante de nossas vidas.
    ACP



    1º ANO


    SITUAÇÃO DIDÁTICA

    Leitura realizada pelo professor


    OBJETIVOS

    • Compreender a função social da escrita.
    • Ampliar o repertório linguístico.
    • Conhecer diferentes textos e autores.
    • Aprender comportamentos leitores.
    • Entender a escrita como forma de representação.

    EXEMPLOS DE ALGUMAS ATIVIDADES

     Leitura em voz alta realizada pelo professor:
    • textos literários;
    • jornalísticos e sobre curiosidades (científicos e históricos).


    FREQUENCIA

    Diária – texto literário.
    Semanal – jornal e científicos.

    OBSERVAR

    Oferecer textos de qualidade literária em seus suportes reais.
    Ler com diferentes propósitos.


    SITUAÇÃO DIDÁTICA

    Análise e Reflexão sobre o sistema de escrita


    OBJETIVOS

    • Refletir sobre o sistema de escrita alfabético, buscando fazer a correspondência entre os segmentos da fala e os da escrita.
    • Conhecer as letras do alfabeto e sua ordem.
    • Observar e analisar o valor e a posição das letras nas palavras visando à compreensão da natureza do sistema alfabético.
    • Compreender as regras de funcionamento do sistema de escrita. Leitura e escrita dos nomes dos estudantes da sala.

    ALGUMAS ATIVIDADES
    Leitura do abecedário exposto na sala.

    Leitura e escrita de textos conhecidos de memória.

    Leitura e escrita de títulos de livros, de listas diversas (nomes dos ajudantes da semana, brincadeiras
    preferidas, professores e funcionários), ingredientes de uma receita, leitura de rótulos etc.

    FREQUENCIA

    Diária (quando há na classe crianças não-alfabéticas).

    OBSERVAR

    Organizar agrupamentos produtivos.

    Garantir momentos de intervenções pontuais com alguns grupos de estudantes.

    Solicitar a leitura (ajuste) do que é lido e/ou escrito pelo estudante.


    SITUAÇÃO DIDÁTICA

    Comunicação oral

    OBJETIVOS

    • Participar de diferentes situações comunicativas considerando e respeitando as opiniões alheias e as diferentes formas de expressão.
    • Utilizar a linguagem oral, sabendo ligá-las às situações em que queiram expressar sentimentos e opiniões,
    defender pontos de vista, relatar acontecimentos, expor sobre temas etc.
    • Desenvolver atitudes de escuta e planejamento das falas.

    EXEMPLOS DE ALGUMAS ATIVIDADES

    Reconto de histórias conhecidas ou pessoais, de filmes etc.
    Exposição de objetos, materiais de pesquisa etc.
    Situações que permitam emitir opiniões sobre acontecimentos, curiosidades etc.

    FREQUENCIA

    Duas vezes por semana.

    OBSERVAR

    Observar com atenção como as crianças se comportam numa situação em que têm de ouvir e falar uma de cada vez.
    Identificar quais crianças precisam ser convidadas a relatar, expor etc.


    SITUAÇÃO DIDÁTICA
    Produção de texto escrito

    OBJETIVOS

    • Produzir textos buscando aproximação com as características discursivas do gênero.
    • Produzir textos considerando o leitor e o sentido do que quer dizer.
    • Aprender comportamentos escritores.

    EXEMPLOS DE ALGUMAS ATIVIDADES

    Produção coletiva, em dupla e individual – de um bilhete, de um texto instrucional etc.
    Reescrita de textos conhecidos – coletiva, em duplas, individual.

    FREQUENCIA

    Uma vez por semana.

    OBSERVAR

    Envolver os estudantes com escritas pré-silábicas na atividade – produzindo oralmente, ditando para o professor ou o colega.

    SITUAÇÃO DIDÁTICA
    Leitura realizada pelo estudante

    OBJETIVOS

    • Desenvolver atitudes e disposições favoráveis à leitura.
    • Desenvolver procedimentos de seleção de textos buscando informações.
    • Explorar as finalidades e funções da leitura.
    • Ler com autonomia crescente.
    • Aprender comportamentos leitores.

    EXEMPLOS DE ALGUMAS ATIVIDADES

    Roda de biblioteca com diversas finalidades: apreciar a qualidade literária dos textos, conhecer diferentes
    suportes de textos.

    Ampliar a compreensão leitora: leitura de textos que os estudantes ainda não leem com autonomia mas que pode ser mediada pelo professor (leitura de textos informativos, instrucionais, entre outros).

    Ler sem saber ler convencionalmente utilizando índices fornecidos pelos textos.

    FREQUENCIA

    Uma vez por semana.

    OBSERVAR

    Ler várias vezes um mesmo texto com diferentes propósitos.
    Garantir que conheçam o conteúdo a ser explorado.
    Antecipar as informações que os estudantes vão encontrar nos textos.


    2º ANO


    SER CAPAZ DE...

    Participar de situações de intercâmbio oral, ouvindo com atenção; formular e responder a perguntas; explicar e compreender explicações; manifestar opiniões sobre o assunto tratado.

    ATIVIDADES

    Roda de curiosidades.
    Roda de biblioteca.
    Discussões relacionadas aos projetos e sequências didáticas.

    OBSERVAR SE O ESTUDANTE...

    Utiliza termos ou expressões pertinentes aos assuntos tratados (refere-se, por exemplo, a um"personagem” ao comentar um livro); faz perguntas; expõe suas ideias e opiniões, escuta as ideias e opiniões dos outros.


    SER CAPAZ DE...
    Interessar-se por aprender, investigar e aprofundar-se num tema e discuti-lo com seus colegas.

    ATIVIDADES
     Discussões referentes aos temas da sequência didática.

    OBSERVAR SE O ESTUDANTE...

    Elabora perguntas pertinentes. Ouve as perguntas e explicações dos colegas.

    SER CAPAZ DE...
    Apreciar textos literários (orais ou escritos).

    ATIVIDADE
    Leitura pelo professor de textos literários.

    OBSERVAR SE O ESTUDANTE...

    Escuta atentamente.
    Faz comentários sobre a trama, os personagens e cenários.
    Relembra trechos.
    Compara textos lidos ou ouvidos.

    SER CAPAZ DE...
    Apreciar poemas, sabendo ler em voz alta e com entonação adequada.

    ATIVIDADE

    Atividades da sequência de poemas.

    OBSERVAR SE O ESTUDANTE...

    Comenta os poemas lidos, compartilha sua opinião e aponta aquilo que mais lhe chamou atenção no texto.
    Declama os poemas com fluência, entonação e expressividade.

    SER CAPAZ DE...

    Ler, por si mesmo, diferentes gêneros (notícias, textos instrucionais, textos de divulgação científica e textos
    narrativos literários) apoiando-se em conhecimentos sobre o tema do texto, as características de seu portador, do gênero e do sistema de escrita.

    ATIVIDADE

    Leitura pelo estudante de textos de divulgação científica.
    Leitura pelo estudante de textos literários.

    OBSERVAR SE O ESTUDANTE...

    Consegue ler os textos de divulgação científica e reapresentar o conteúdo utilizando suas palavras.

    Localiza nos textos informações que foram previamente solicitadas, grifa informações completas, reapresenta resumidamente algumas informações aprendidas a partir da leitura.

    Consegue ler com ritmo e entonação, compreende o que lê, diverte-se ou se entretém com a leitura.


    SER CAPAZ DE...
    Ler, com ajuda do professor, textos para estudar os temas tratados nas diferentes áreas de conhecimento (enciclopédias, informações veiculadas pela Internet e revistas).

    ATIVIDADE

    Leitura compartilhada.

    OBSERVAR SE O ESTUDANTE...

    Consegue reapresentar o conteúdo utilizando suas palavras.

    Faz perguntas e colocações pertinentes.

    SER CAPAZ DE...
    Consolidar os procedimentos de leitor relacionados à leitura feita com o propósito de estudar (textos de divulgação científica).

    ATIVIDADE

    Atividades de Estudo da sequencia didática.

    OBSERVAR SE O ESTUDANTE...

    Consegue destacar as ideias principais; reapresenta as informações com as próprias palavras. Grifa conceitos ou expressões realmente relevantes, descartando informações supérfluas.

    SER CAPAZ DE...

    Reescrever, de próprio punho, histórias conhecidas, considerando as ideias principais do texto-fonte e algumas características da linguagem escrita.

    ATIVIDADE

    Reescrita de textos conhecidos.

    OBSERVAR SE O ESTUDANTE...

    Utiliza expressões ou palavras diferentes das que usa cotidianamente para compor o texto.
    Utiliza trechos da história usando expressões ou termos do texto escrito.
    Coloca os principais acontecimentos da narrativa na sequência original.

    SER CAPAZ DE...

    Produzir textos de autoria de próprio punho utilizando recursos da linguagem escrita.

    ATIVIDADE

    Produção do estudante.
    Produção oral com destino escrito.

    OBSERVAR SE O ESTUDANTE...

    Planeja o que vai escrever, respeita as características do gênero proposto, preocupa-se com seu leitor, escolhe palavras e expressões pertencentes à linguagem escrita.

    SER CAPAZ DE...

    Revisar textos coletivamente, com a ajuda do professor ou em parceria com colegas.

    ATIVIDADE

    Revisão coletiva ou em duplas.

    OBSERVAR SE O ESTUDANTE...

    Participa das discussões feitas para resolver problemas encontrados durante a revisão de um texto.

    Dá ideias para superar tais problemas ou se posiciona quanto à melhor alternativa entre algumas soluções apresentadas pelos colegas.

    Fica atento aos aspectos ortográficos trabalhados em classe.


0 comentários:

Deixe uma resposta

ONDE NOSSOS PÉS PISARAM...

........

LOCAL: Escolas Estaduais de abrangência da 15ª CRE
ANO: 03/2012 - 12/2012
ATIVIDADES: Formação Continuada para os professores das Escolas Estaduais.
- Bloco Inicial da Alfabetização: 1ºao 3º anos do Ensino Fundamental.
- Ensino Médio Politécnico.
Foram atendidas 41 escolas da região do Alto Uruguai, totalizando mais de 500 horas de formação.



LOCAL: Prefeitura Municipal de Barão de Cotegipe/RS
ANO: 09/2012 -11/2012
ATIVIDADES: Formação Continuada para os professores da rede municipal de ensino - Educação Infantil e Ensino Fundamental - Anos Iniciais

........

LOCAL: Associação de Amparo a Maternidade e Infância - ASSAMI Erechim/RS
ANO: 02/2012-08/2012
ATIVIDADES: Formação Continuada para os professores e coordenadores da Educação Infantil

..........

LOCAL: Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais - APAE de Erechim/RS
ANO: 03/2012 - 11/2012
ATIVIDADES: Formação Continuada para os professores da Instituição

........

LOCAL: Prefeitura Municipal de Itatiba do Sul/RS
ANO: 02/2012- 09/2012
ATIVIDADES: Formação Continuada com os professores da rede municipal de ensino e professores estaduais

.........

LOCAL: Prefeitura Municipal de Faxinalzinho/RS
ANO: 03/2012- 07/2012
ATIVIDADES: Formação Continuada com os professores da rede municipal de ensino

........

.LOCAL: Prefeitura Municipal de Getúlio Vargas/RS
ANO: 2012
ATIVIDADES: Oficinas no Fórum Nacional de Educação

.......

LOCAL: Prefeitura Municipal de São Valentim/RS
ANO: 02/2012 06/2012
ATIVIDADES: Formação Continuada de Professores

..........

LOCAL: Centro Educacional e Cultural Algodão Doce/Concórdia-SC
ANO: 06/2009 - Atual
ATIVIDADES: Assessoria Pedagógica na Instituição e Formação de Professores da Educação Infantil

.........

LOCAL: Prefeitura Municipal de Erechim/RS
ANO: 06/2010 - 10/2011
ATIVIDADES: Formação Continuada para os Coordenadores e Professores dos 1º e 2º anos do Ensino Fundamental;Formação dos Professores da Educação Infantil; Assessoria na elaboração dos Planos de Ensino do Ensino Fundamental

........

LOCAL: Prefeitura Municipal de Marcelino Ramos/RS
ANO: 10/2010 - 12/2012
ATIVIDADES: Formação Continuada com os professores da rede municipal de ensino;Assessoria na elaboração dos Projetos Políticos Pedagógicos das escolas;Assessoria na elaboração dos Planos de Ensino do Ensino Fundamental

.........

LOCAL: Prefeitura Municipal de Maximiliano de Almeida/RS
ANO: 02/2011- 07/2011
ATIVIDADES: Formação Continuada para os professores da rede municipal de ensino

........

LOCAL: Prefeitura Municipal de Viadutos/RS
ANO: 04/2011 - 11/2011
ATIVIDADES: Formação Continuada para os professores do sistema municipal de ensino

........