Publicidade:

Image and video hosting by TinyPic
  • SEQUÊNCIA DIDÁTICA ATIVIDADES II

    SEQUÊNCIA DIDÁTICA




    Escrita e produção de crachás

    OBJETIVO - O que os alunos podem aprender nesta atividade?
    • Escrever o próprio nome em um contexto de comunicação real (o crachá).

    PLANEJAMENTO

    o Quando realizar? Início das aulas.

    o Como organizar o grupo? Sentados em duplas.

    o Quais materiais serão necessários? Lápis, borracha, apontador, tesoura, barbante (ou fita crepe), papel de rascunho e modelo de crachá.

    o Duração: cerca de 45 minutos.

    ENCAMINHAMENTO
    • Ao planejar a atividade, lembre-se de que a produção do crachá é, na realidade, uma atividade de cópia em um contexto real e significativo. Afinal, é importante que o nome de cada aluno seja registrado de forma convencional para que possa ser lido por todos. A intenção é que a turma copie o nome em um crachá utilizando como fonte o cartaz da classe ou um cartão feito por você com o nome de cada um deles. Este cartão (ou pedacinho de papel) poderá ser manuscrito ou feito no computador, sempre em letra de fôrma maiúscula. Deverá conter apenas o nome do aluno, mas, caso existam dois alunos com o mesmo nome, é preciso colocar também o segundo nome que os diferencia (por exemplo: BRUNO FÉLIX e BRUNO MENDES). Garanta que os alunos saibam o que está escrito no cartão, lendo para eles no momento de entregá-lo. Leve os crachás já recortados e com o barbante atado.

    • Antes de iniciar a atividade, diga aos alunos em que ocasiões eles terão de usar o crachá: nos primeiros dias de aula, para realizar passeios fora da escola, visitas às salas de outras turmas etc. Se possível, leve alguns crachás para mostrar aos alunos e explicar a eles as situações nas quais os adultos os utilizam para se identificar (ao participarem de um congresso ou até mesmo no dia-a-dia de trabalho, como é o caso de profissionais como médicos, recepcionistas, carteiros etc.). Caso você já tenha utilizado um crachá, compartilhe sua experiência com os alunos (quando e por que o utilizo

    • Durante a atividade, proponha-lhes a realização de um rascunho para que possam antecipar o tamanho das letras e o uso do espaço. Oriente a turma a escrever no crachá apenas o nome, utilizando letra de fôrma maiúscula. Se for o caso, chame a atenção para a legibilidade do crachá. Assim você ajudará alguns alunos a fazer um rascunho para testar o tamanho da letra.
    • Ao final da atividade, organize uma brincadeira com os crachás em que os alunos tenham de adivinhar a escrita dos nomes dos colegas.


    O QUE MAIS FAZER?
    Depois de certo tempo, quando todos já souberem os nomes uns dos outros, guarde os crachás em uma caixinha e, vez ou outra, utilize-os para fazer a chamada, organizar uma partida de bingo de nomes, colocá-los em cima da carteira dos alunos para sinalizar onde eles irão sentar, pedir que os alunos encontrem o próprio crachá ou o crachá dos colegas. O cartão com o nome, utilizado como apoio para a cópia, poderá ser colado no caderno para continuar servindo como fonte de consulta.
    Além do crachá, os alunos podem também produzir etiquetas com o nome para a identificação de alguns materiais escolares (o caderno e a pasta, por exemplo). O encaminhamento dessa produção é semelhante ao do crachá: utilize como suporte para a escrita dos alunos etiquetas auto-adesivas ou, de forma alternativa, produza as etiquetas com os alunos. Também é interessante elaborar plaquinhas com folha sulfite para colocar sobre a mesa, como as que encontramos nas agências bancárias.


    SEQUÊNCIA DIDÁTICA
    Autoretrato e a escrita do próprio nome

    OBJETIVO - O que os alunos podem aprender nesta atividade?


    • Refletir sobre a escrita do próprio nome.

    PLANEJAMENTO

    Quando realizar? Após a produção do crachá.

    Como organizar a turma? Em duplas ou grupos.
    Quais materiais serão necessários? Folha de papel (sulfite, por exemplo), lápis coloridos e/ou giz de cera, tinta guache, caneta hidrocor, lápis, borracha.

    Duração: cerca de 45 minutos para a produção do desenho e para a escrita do nome. As atividades de apreciação dos trabalhos e de revisão da escrita do nome poderão ocorrer no dia seguinte.

    ENCAMINHAMENTO
     Antes de iniciar a atividade, deixe disponíveis aos alunos os materiais que eles usarão para fazer o desenho (conforme relação acima). Se possível, apresente auto-retratos produzidos por artistas consagrados – o acervo da escola ou da sala deve ter alguns livros –, para que tomem conhecimento desse estilo de pintura

     Durante a atividade, é interessante que os alunos façam um registro dos seus nomes de acordo com os conhecimentos que já possuem sobre a escrita do nome próprio. Pode ocorrer de eles terem dúvidas – caso isso aconteça, socialize essas dúvidas com o restante do grupo, de modo que eles consigam chegar a uma resposta.
     Após o término da atividade, organize um momento de apreciação das escritas e dos desenhos elaborados para que os alunos apreciem os trabalhos uns dos outros. Discutam a importância de assinar os próprios desenhos. Além disso, você pode propor que eles comparem o nome recém-escrito com sua escrita convencional, utilizando o crachá como apoio. Os alunos poderão utilizar o crachá como fonte de informação sobre a escrita do próprio nome em outras ocasiões. Os desenhos produzidos deverão ser afixados no mural da sala de aula.



    SEQUÊNCIA DIDÁTICA

    Agenda de aniversários

    OBJETIVOS - O que os alunos podem aprender nesta atividade?
    • Ampliar o conhecimento sobre a escrita do próprio nome e dos nomes dos colegas.
    • Participar da produção coletiva de um texto de relevância social: uma agenda com os dados dos colegas.
    • Retomar a questão da ordem alfabética para organizar informações (no caso, os nomes dos colegas na agenda).
    PLANEJAMENTO

    Como organizar o grupo? Em duplas.
    Quais materiais serão necessários? Lista do dos nomes da turma, lápis, borracha, cola, tesoura e modelo da página da agenda.

    Duração: cerca de 45 minutos ao longo de vários dias. Trata-se de uma produção em etapas.ENCAMINHAMENTO

    • Antes de iniciar a produção da agenda, os alunos deverão coletar informações sobre a data de seu aniversário. É preciso também providenciar o suporte da produção, ou seja, as páginas da agenda. Você pode reproduzir as páginas do modelo apresentado na seqüência, ou então criar outra diagramação utilizando o computador. Faça cópias frente e verso para que o número de páginas da agenda não seja excessivo. A agenda deve ter uma capa, que poderá ser ilustrada pelos alunos.
    • Ainda antes de começar a atividade, tenha em mãos exemplos de agenda para apreciar com os alunos, observando as informações que geralmente se podem registrar nelas (nome, endereço, endereço eletrônico – e-mail –, aniversário etc.). Muitas agendas trazem ícones para sinalizar o local onde cada informação deve ser anotada. Analise esses ícones com os alunos. Assim eles terão maior referência sobre o que é uma agenda e como organizá-la
    • A produção será em etapas. A cada dia, um grupo de alunos deverá ditar seus dados para que você anote-os na lousa e a turma copie na agenda. Siga a ordem alfabética nessa produção e, durante a cópia, dê atenção especial aos alunos menos experientes com a escrita.

    Nome:________________________

    Aniversário:_____________________



    BOM TRABALHO.
    ALEXANDRA, CHEILA E PAULA.

0 comentários:

Deixe uma resposta

ONDE NOSSOS PÉS PISARAM...

........

LOCAL: Escolas Estaduais de abrangência da 15ª CRE
ANO: 03/2012 - 12/2012
ATIVIDADES: Formação Continuada para os professores das Escolas Estaduais.
- Bloco Inicial da Alfabetização: 1ºao 3º anos do Ensino Fundamental.
- Ensino Médio Politécnico.
Foram atendidas 41 escolas da região do Alto Uruguai, totalizando mais de 500 horas de formação.



LOCAL: Prefeitura Municipal de Barão de Cotegipe/RS
ANO: 09/2012 -11/2012
ATIVIDADES: Formação Continuada para os professores da rede municipal de ensino - Educação Infantil e Ensino Fundamental - Anos Iniciais

........

LOCAL: Associação de Amparo a Maternidade e Infância - ASSAMI Erechim/RS
ANO: 02/2012-08/2012
ATIVIDADES: Formação Continuada para os professores e coordenadores da Educação Infantil

..........

LOCAL: Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais - APAE de Erechim/RS
ANO: 03/2012 - 11/2012
ATIVIDADES: Formação Continuada para os professores da Instituição

........

LOCAL: Prefeitura Municipal de Itatiba do Sul/RS
ANO: 02/2012- 09/2012
ATIVIDADES: Formação Continuada com os professores da rede municipal de ensino e professores estaduais

.........

LOCAL: Prefeitura Municipal de Faxinalzinho/RS
ANO: 03/2012- 07/2012
ATIVIDADES: Formação Continuada com os professores da rede municipal de ensino

........

.LOCAL: Prefeitura Municipal de Getúlio Vargas/RS
ANO: 2012
ATIVIDADES: Oficinas no Fórum Nacional de Educação

.......

LOCAL: Prefeitura Municipal de São Valentim/RS
ANO: 02/2012 06/2012
ATIVIDADES: Formação Continuada de Professores

..........

LOCAL: Centro Educacional e Cultural Algodão Doce/Concórdia-SC
ANO: 06/2009 - Atual
ATIVIDADES: Assessoria Pedagógica na Instituição e Formação de Professores da Educação Infantil

.........

LOCAL: Prefeitura Municipal de Erechim/RS
ANO: 06/2010 - 10/2011
ATIVIDADES: Formação Continuada para os Coordenadores e Professores dos 1º e 2º anos do Ensino Fundamental;Formação dos Professores da Educação Infantil; Assessoria na elaboração dos Planos de Ensino do Ensino Fundamental

........

LOCAL: Prefeitura Municipal de Marcelino Ramos/RS
ANO: 10/2010 - 12/2012
ATIVIDADES: Formação Continuada com os professores da rede municipal de ensino;Assessoria na elaboração dos Projetos Políticos Pedagógicos das escolas;Assessoria na elaboração dos Planos de Ensino do Ensino Fundamental

.........

LOCAL: Prefeitura Municipal de Maximiliano de Almeida/RS
ANO: 02/2011- 07/2011
ATIVIDADES: Formação Continuada para os professores da rede municipal de ensino

........

LOCAL: Prefeitura Municipal de Viadutos/RS
ANO: 04/2011 - 11/2011
ATIVIDADES: Formação Continuada para os professores do sistema municipal de ensino

........